[ editar artigo]

Você tem compaixão consigo mesmo?

Você tem compaixão consigo mesmo?

Da mesma maneira que é importante a gente ter compaixão e paciência com os outros, também é importante praticarmos isso com nós mesmos.

Nós podemos ser os nossos piores críticos. Isso faz com que a gente fique paralisado pela aquela voz interna julgadora e não analise uma situação com clareza.

Por exemplo. Um homem chega tarde do trabalho e a esposa o acusa de colocar tudo a perder no casamento.

O diálogo interno desse cara é quase sempre esse:

Eu deveria ter me imposto para o meu chefe mas sou um covarde. Faz 10 anos que trabalho ali e sempre faço a mesma coisa, como sou idiota.

Uma forma mais saudável de analisar a situação seria:

Quis mais uma vez agradar meu chefe e parecer eficiente. Ao mesmo tempo, estou com medo de decepcionar minha esposa.

Nesse exemplo, podemos perceber que ao invés de se culpar pela situação, ele identificou quais eram as forças em jogo e pode pensar melhor sobre como se posicionar.

Assim, esse cara tem mais chances de pensar uma solução que esteja alinhada com os seus valores e prioridades.

Percebeu como ter mais compaixão e entendimento consigo mesmo pode ajudar todo mundo ao seu redor? Isso trabalha a sua inteligência emocional para respeitar a si mesmo e os seus limites, e viver uma vida produtiva com mais saúde.

Ficou com interesse de se aprofundar mais no assunto? Ótimo! Vou deixar aqui um vídeo incrível da Kristin Neff, a principal pesquisadora sobre autocompaixão e fundadora do Programa "Mindful Self-Compassion”.

Se quiser receber dicas práticas e insights que podem te ajudar a desenvolver sua produtividade sem perder a saúde e conhecer mais o Biohacking raiz, me siga nas redes sociais em @flavialippi.

Entre também no nosso grupo do Telegram: https://t.me/flavialippiaequacao

 

YOUPIX HUB | Creators
Flávia Lippi
Flávia Lippi Seguir

Abraçadora profissional, apaixonada por gente. Tive tantos negócios que me apelidaram de startup humana. Tecnologia corre que nem sangue nas minhas veias. Me dedico a otimizar os potenciais humanos para que se tornem líderes inspiradores.

Ler conteúdo completo
Indicados para você