[ editar artigo]

Representatividade também é sobre amor. | por Leticia Guilherme

Representatividade também é sobre amor. | por Leticia Guilherme

Quando ganhei esse presente da Faber, logo pensei: “não sei pintar, não tenho talento nenhum. O que vou fazer com esse desenho?”. Sendo assim, tive uma ideia! Resolvi dar pros meus sobrinhos pintarem. Eles são as pessoas que eu mais amo no mundo, Gabriel tem 5 anos, Júlia tem 3 e eles são irmãos.

Entreguei a caixa pra eles, expliquei que eu tinha ganho de presente e que era muito importante pra mim. Deixei eles pintarem como quisessem. Eles pintaram como está na foto. Quando acabaram, eu perguntei: “é assim que vocês me vêem?”. Eles me responderam: “sim, titia! Você é linda e colorida. A gente gosta muito de azul e roxo, então pintamos sua roupa e parte do seu rosto assim, porque a gente também gosta muito de você.” Obviamente eu fiquei toda emocionada, né?! Não tem como, sou uma tia apaixonada demais.

Isso tudo me fez refletir e pensar sobre uma frase que veio escrita na caixa da Faber, “representatividade é se ver no mundo do jeito que você é.” E, pra mim, representatividade é isso, mas sobretudo, é também sobre amor.

E eu amo o que eu faço. Amo meu trabalho como criadora de conteúdo. Amo ser alguém que a Leticia de 5 anos se inspiraria e que hoje eu vejo meus sobrinhos se inspirando. Gabriel também me disse que quer fazer vídeo pra internet igual a titia. Esse é o meu propósito.

O Creators têm me feito entender mais ainda que meu trabalho como criadora de conteúdo é sobre amor, representatividade, diversidade, inclusão, mas também sobre ser eu, sobre me posicionar, sobre me comunicar, sobre aprender e ensinar. É sobre ser a pessoa que eu gostaria de ter conhecido quando era pequena.

Que ainda tenhamos muito pela frente. E teremos. <3

YOUPIX HUB | Creators
Leticia Guilherme
Leticia Guilherme Seguir

Leticia Guilherme, mulher lésbica com deficiência, 23 anos, formada em relações públicas. Hoje cria conteúdo pro Instagram, fala sobre vivências e ajuda a desmistificar tudo que envolve pcds. É ativista, feminista e acredita que existir é político.

Ler conteúdo completo
Indicados para você