[ editar artigo]

10 coisas que todo criador de conteúdo precisa saber

10 coisas que todo criador de conteúdo precisa saber

Listamos 10 dicas com coisas que creators precisam saber/aprender/buscar/entender, e que pode ajudar você a se encontrar nesse universo gigante que é a internet. ;)

1. Se organizar direitinho todo mundo faz acontecer

Ser criador de conteúdo digital é louco e instigante, mas é também uma profissão que exige dedicação e organização. E o principal inimigo de um creator acaba se tornando o próprio tempo. Para fazer com que as engrenagens do relógio trabalhem a seu favor é preciso tem um mínimo de organização. Agenda, planner ou aplicativos de planejamento podem ajudar a gerar bons resultados para o seu conteúdo. Use e abuse ;)

2. Constante mudança

Entenda a importância de ter um posicionamento, ou seja, quem é você e como você quer ser visto. O mercado está em constante mudança e é preciso seguir e amadurecer junto para não ficar para trás. E o principal: aprender como fazer a gestão do seu negócio, sem perder a sua essência. Pense em cursos profissionalizantes, assista conteúdo sobre os assuntos do seu interesse na internet, qualquer coisa, mas aprenda. Ninguém pode tirar o conhecimento de você.

Se arrisque, dê a cara a tapa e não tenha medo de errar e aprender.

Saia do óbvio e pense em iniciativas com o objetivo de desenvolver uma comunicação personalizada entre marcas e pessoas. Promova diálogos.

3. Não seja dependente do algoritmo

A criação de conteúdo agora vem de todos os lugares e pode ser distribuída em plataformas diversas e cada vez mais nichadas. É ótimo para dar opções pra audiência, mas um grande desafio para os creators. É preciso cada vez mais pensar em conteúdo: nativo, que engaja, multiplataforma, multiformato, mais rápido, mais barato e com qualidade.

Mas calma, não precisa se desesperar. O algoritmo precisa ser seu aliado e não o inimigo. Uma vez que os algoritmos atuam em um determinado padrão, a solução para ter liberdade e ser criativo é conhecer muito bem o seu funcionamento, interferindo e subvertendo o sistema em busca de resultados diferentes. Um processo que exige experimentação, tentativa e erro.

Você precisa testar as diferentes possibilidades e entender o que é melhor para você e para o seu conteúdo. De qualquer forma, com a homogeneidade das plataformas, uma estratégia de conteúdo se torna indispensável. Você não precisa estar em tudo, mas onde estiver, seja nativo e original.

4. Entenda o seu valor

Creators estão sempre em busca de modelos de negócio e práticas sustentáveis. Por isso a primeira coisa que você precisa entender é que tudo tem um preço. 1) Saiba quanto custa a sua hora e de quantas horas você precisa para produzir e entregar o seu conteúdo. 2) Você não vai cobrar pelo número de seguidores que você tem, mas pelo impacto real que você gera. 3) Uma marca não contrata creators só pelos views, mas porque ela quer que ele fale sobre ela — e isso tem um preço. 4) Seja competitivo e flexível na hora de negociar. 

Entendendo isso, você vai olhar sempre para o seu público e pensar: “o que eu poderia fazer para ajudá-lo que pode se tornar fonte de receita?”.

5. Cuide da sua saúde mental

A internet não desliga, mas você precisa desligar!

Se dedicar a qualquer projeto de forma intensa como a criação de conteúdo é cansativo. É necessário muita auto reflexão sobre o seu momento e o que você quer expor para o mundo!

Não se esqueça nunca de que conteúdos são criados de pessoas para pessoas e que é muito importante se manter mentalmente saudável!

A ansiedade, o cansaço excessivo, aquela sensação de ter que continuar produzindo incessantemente são sinais de alerta para criadores que dão duro pra fazer seus trabalhos acontecerem.

Como ter autocuidado?
Para além das métricas quantitativas que as redes sociais, likes, excesso de informação e estímulos, olhe pra dentro! Reafirme o seu propósito de estar ali e seja gentil consigo mesmo! Se entenda. Respire. E não deixe chegar ao seu limite. E se chegar, procure ajuda. Não fique pensando que não tem jeito ou que você consegue resolver tudo sozinho.

6. Tenha um mídia kit [ou melhor, profile kit]

Nada mais é do que a apresentação de quem você é e do que se trata seu conteúdo.

Esse recurso serve para mostrar o seu projeto e contar um pouquinho mais sobre você. Com isso, fica mais fácil de se apresentar para futuros jobs. É fundamental para entender seus objetivos, além de começar a traçar qual valor você poderá cobrar.

7. Ser relevante não é sobre números

Muitas pessoas acreditam que só quem tem milhões de seguidores é relevante no mercado. Não necessariamente. Números não dizem nada se seu conteúdo não tem propósito e autenticidade.

Há ainda uma visão muito massificada sobre a internet, mas é preciso entender que a essência dela são as comunidades e a segmentação. No digital vamos atrás das coisas que nos tocam e que nos identificamos, e construímos um mundo a partir do que somos. Essa proximidade de interesses e valores são muito mais importante do que o demographics.

Foque em construir sua comunidade. Comunidade é sobre cuidar da audiência, e não ter a audiência.

8. “Nem todo conteúdo autêntico atinge o sucesso, mas todo conteúdo de sucesso é autêntico”.

Ser autêntico não é apenas sobre ser você. É sobre você conseguir comunicar aspectos da sua pessoa para os outros. E também como você comunica suas crenças por meio dos seus comportamentos.

Autenticidade, no contexto da produção de conteúdo, é um sentimento que as outras pessoas sentem ao seu respeito e que acontece quando você é:

  • Real — o que você fala é um reflexo de como você é. O famoso “walk the talk”;
  • Significativo — sua audiência se conecta com você num nível pessoa;
  • Original — você oferece uma nova perspectiva sobre algo;
  • Importante — seu conteúdo contribui para conversas mais amplas, do contexto cultural do momento.

9. Ser creator é ser empreendedor

Criadores de conteúdo precisam se entender como um negócio e saber se posicionar como marca. Ainda existe certo preconceito e negação em relação a ser um empreendedor “eu não sei, não sou capaz, não gosto”, e isso não leva para frente.

É preciso uma mudança de mindset, que nada mais é do que a mentalidade que cada um tem em relação à vida. Mindset é um conjunto de atitudes mentais que influencia diretamente em nossos comportamentos e pensamentos e, é decisivo para alcançarmos sucesso ou não.

Para se entender como empreendedor é importante:

  • Buscar conhecimento;
  • Saber onde quer chegar;
  • Se planejar;
  • Não ter medo de errar e correr riscos;
  • Ter comprometimento com o seu trabalho.

SUCCESSO = 99% TRANSPIRAÇÃO, 1% TALENTO

10. Você não está sozinho

É normal se sentir perdido, é normal ter medos e angústias. Às vezes fica muito difícil, mas ser criador de conteúdo é isso: resistir, persistir e ter resiliência, e principalmente, amor pelo que faz.

Não desista! ❤

YOUPIX HUB | Creators
YOU PIX
YOU PIX Seguir

A YOUPIX, consultoria de negócios para a Influence Economy, nasceu e se desenvolveu com os criadores digitais e tem estado no front ao lado deles construindo os novos pilares da comunicação digital há 14 anos.

Ler conteúdo completo
Indicados para você